Destaques

Enem 2011: Ministério Público volta a pedir que questões sejam anuladas



Mesmo com decisão que vai contra o cancelamento das 14 questões adiantas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011, o Ministério Público Federal do Ceará voltou a enviar um pedido para que as questões sejam suspensas para todos os participantes. O pedido foi encaminha à Polícia Federal, onde pede que o Ministério da Educação seja investigado.

Nesta quarta-feira (7), o Ministério Público encaminhou um pedido ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Anísio Teixeira (Inep), alegando que o vazamento das questões pode ter ocorrido para outros candidatos além dos estudantes matriculados no colégio Christus, em Fortaleza.

Há algumas semanas, o Ministério conseguiu que Justiça Federal determinasse que as questões fossem anuladas apenas aos candidatos que foram inscritos no processo como estudantes do colégio Christus. Os candidatos tiveram acesso as questões que foram aplicados no colégio em outubro do ano passado, como uma prévia que busca regular as questões para o Enem.

A Procuradoria acredita que o vazamento pode ter chego também a pessoa envolvidas com o MEC e com o Inep, dando assim acesso privilegiado a alguns estudantes. O Ministério Público pede que os servidores que tiveram acesso ao banco de questões sejam investigados e passem por depoimentos junto a Polícia Federal. O Inep tem dez dias para responder ao pedido. a Assessoria de imprensa do MEC informou que ainda não foi recebido o ofício que se mantém a posição já determinada pela Justiça Federal.

Disponível em http://www.noticiasbr.com.br

Nenhum comentário

Deixe seu comentário. Em breve, resposta.