Guerra de Secessão - Questões de Vestibulares



1. (Cesgranrio) No início do governo Abraão Lincoln, os Estados Unidos apresentavam-se divididos e, nas palavras desse Presidente, o país era "uma casa dividida contra si mesma", uma vez que: 
I - os sulistas, favoráveis ao sistema escravista, reagiram com hostilidade à eleição de um Presidente contrário à expansão desse sistema; 
II - a secessão sulina era um rude golpe para o país, face ao caráter complementar das economias do norte e do sul; 
III - os Estados nortistas não abriram mão da política livre-cambista, condenada pelo Sul protecionista; 
IV - divididos internamente, os Estados Unidos não poderiam prosperar economicamente e enfrentar desafios externos. 

Assinale se estão corretas apenas: 
a) I e II 
b) I e III 
c) II e IV 
d) I, II e III 
e) I, II e IV 

2. (Cesgranrio) A expansão territorial dos Estados Unidos, ao longo do século XIX, caracterizou-se por um forte sentimento nacionalista. Sobre essa expansão podemos afirmar que: 
a) encerrou as divergências entre o Norte e o Sul, quanto à utilização da mão-de-obra escrava. 
b) retardou o crescimento demográfico da população norte-americana. 
c) priorizou a mineração em detrimento das atividades industriais e agrícolas. 
d) acarretou o fortalecimento político da representação nortista no Congresso Norte-Americano. 
e) impediu a emigração devido à política de defesa das fronteiras do país. 

3. (Fuvest) Da vitória dos estados nortistas na "Guerra de Secessão" resultou: 
a) diminuição do número de pequenos e médios proprietários e o crescimento da aristocracia rural no sul. 
b) unificação do mercado interno, desenvolvimento capitalista e transformação dos EUA em potência econômica. 
c) anexação da região do Texas ao território dos EUA. 
d) extinção do tráfico de escravos negros para os EUA. 
e) regulamentação, pelo compromisso do Missouri, dos territórios que passaram a ser escravistas ou livres. 

4. (Fuvest) Ao final da Guerra de Secessão, a constituição dos Estados Unidos sofreu a XIII Emenda, que aboliu a escravidão. Os brancos sulistas: 
a) abatidos, emigraram em massa, para não conviver com os negros em condições de igualdade política e social. 
b) inconformados com a concessão de direitos aos negros, desenvolveram a segregação racial e criaram sociedades secretas que os perseguiam. 
c) arruinados, tiveram suas terras submetidas a uma reforma agrária e distribuídas aos ex-escravos. 
d) desanimados, abandonaram a agricultura e voltaram-se para a indústria, a fim de se integrarem à prosperidade do capitalismo do norte. 
e) recuperados, substituíram as plantações de algodão por café, contratando seus ex-escravos como assalariados. 

5. (Pucsp) "A Guerra Civil Norte-americana (1861-65) representou uma confissão de que o sistema político falhou, esgotou os seus recursos sem encontrar uma solução (para os conflitos políticos mais importantes entre as grandes regiões norte-americanas, a Norte e a Sul). Foi uma prova de que mesmo numa das democracias mais antigas, houve uma época em que somente a guerra podia superar os antagonismos políticos." 
(Eisenberg, Peter Louis. GUERRA CIVIL AMERICANA. S. Paulo, Brasiliense, 1982.) 

Dentre os conflitos geradores dos antagonismos políticos referidos no texto está a 
a) manutenção, pela sociedade sulista, do regime de escravidão, o que impediria a ampliação do mercado interno para o escoamento da produção industrial nortista. 
b) opção do Norte pela produção agrícola em larga escala voltada para o mercado externo, o que chocava com a concorrência dos sulistas que tentavam a mesma estratégia. 
c) necessidade do Sul de conter a onda de imigração da população nortista para seus territórios, o que ocorria em função da maior oferta de trabalho e da possibilidade do exercício da livre-iniciativa. 
d) ameaça exercida pelos sulistas aos grandes latifundiários nortistas, o que se devia aos constantes movimentos em defesa da reforma agrária naquela região em que havia concentração da propriedade da terra. 
e) adesão dos trabalhadores sulistas ao movimento trabalhista internacional, o que ameaçava a estabilidade das relações trabalhistas praticadas na região norte. 

6. (Ufc) Podemos definir o crescimento industrial inglês, como um processo longo e complexo, que se inicia com produção doméstica, com instrumentos simples e sem que a energia do vapor tenha contribuído muito. Mais tarde a situação se modifica com o surgimento de novas tecnologias. É característica desta segunda fase: 
a) o surgimento da fábrica, com meios de produção pertencentes a um empresário que utiliza trabalho assalariado. 
b) o trabalho em oficinas, com controle corporativo da produção manual e com meios de produção pertencentes a um capitalista. 
c) a utilização do trabalho assalariado de artesãos que dominam o processo produtivo. 
d) a propriedade coletiva dos meios de produção e estatização do comércio. 
e) o surgimento de cooperativas para a compra de matérias-primas e sua manufatura, utilizando trabalho assalariado. 

7. (Ufmg) Todas as alternativas contêm razões econômicas responsáveis pela eclosão da Guerra Civil Americana, EXCETO: 
a) A disputa entre as ideias protecionistas do Norte e o livre-cambismo proposto pelo Sul. 
b) O aguçamento das contradições gerado pela conquista do Oeste, quando surgiram novos estados. 
c) O desequilíbrio da balança comercial americana provocado pela crise no sistema de transportes de mercadorias do Norte para o Sul. 
d) O grande obstáculo à ampliação do mercado consumidor representado pela permanência da estrutura escravista. 
e) Os profundos contrastes econômicos entre o norte industrial e o sul agroexportador. 

8. (Ufsm) Em 1961, o presidente norte-americano, John Kennedy, lançou o programa "Aliança para o Progresso", cujo objetivo era 
a) aumentar o potencial militar americano, impondo-se como nação hegemônica perante os países aliados, o que reverteu em favor da industrialização de todos eles. 
b) diminuir a influência comunista na América, visto que já era intensa na totalidade das nações latino-americanas. 
c) impedir o avanço comunista, de orientação soviética, nos países aliados e fazer frente ao impacto da Revolução Cubana. 
d) incrementar as indústrias nacionais, possibilitando tão-somente o progresso dos países integrantes da Aliança, mesmo que fossem socialistas. 
e) pregar a revolução na liberdade, reconhecendo a soberania dos povos na definição dos seus sistemas econômico, social e político. 

9. (Ufv) "Os Estados Confederados podem adquirir novo território. [...] Em todos esses territórios, a instituição da escravidão negra, tal como ora existe nos Estados Confederados, será reconhecida e protegida pelo Congresso e pelo governo territorial; e os habitantes dos vários Estados Confederados e Territórios terão o direito de levar para esse território quaisquer escravos legalmente possuídos por eles em quaisquer Estados ou Territórios dos Estados Confederados [...]." 
("Constituição dos Estados Confederados da América", Art. IV, seção 3, 1861.) 

O texto acima reflete um dos pontos centrais de discórdia que geraram a Guerra Civil Americana. Esta guerra civil foi o resultado: 
a) da ação imperialista americana que, a partir da Doutrina Monroe, passou a intervir na América Latina. 
b) da luta entre os colonos e a Metrópole Inglesa, o que redundaria na independência dos Estados Unidos. 
c) da Grande Depressão, intensificando a pobreza e o desemprego nas grandes cidades americanas. 
d) da luta pelos direitos civis, particularmente dos negros, forçando uma reinterpretação da Constituição Americana. 
e) da oposição dos interesses dos Estados do Sul e do Norte em torno da questão da escravidão e da expansão para o Oeste. 

10. (Unesp) "A Ku-Klux-Klan foi organizada para segurança própria... o povo do Sul se sentia muito inseguro. Havia muitos nortistas vindos para cá (Sul), formando ligas por todo o país. Os negros estavam se tornando muito insolentes e o povo branco sulista de todo o estado de Tennessee estava bastante alarmado." 
(ENTREVISTA DE NATHAN BEDFORD FORREST ao JORNAL DE CINCINNATI, Ohio, 1868.) 

A leitura deste depoimento, feito por um membro da Ku-Klux-Klan, permite entender que esta organização tinha por objetivo 
a) assegurar os direitos políticos da população branca, pelo voto censitário, eliminando as possibilidades de participação dos negros nas eleições. 
b) impedir a formação de ligas entre nortistas e negros, que propunham a reforma agrária nas terras do sul dos Estados Unidos. 
c) unir os brancos para manter seus privilégios e evitar que os negros, com apoio dos nortistas, tivessem direitos garantidos pelo governo. 
d) proteger os brancos das ameaças e massacres dos negros, que criavam empecilhos para o desenvolvimento econômico dos estados sulistas. 
e) evitar confrontos com os nortistas, que protegiam os negros quando estes atacavam propriedades rurais dos sulistas brancos.

Clique aqui para visualizar o Gabarito
Compartilhe no Google Plus

Sobre Jarlison Augusto

Quer contribuir conosco? Envie-nos seu material!
    Comentar com Blogger
    Comentar com Facebook

2 comentários:

Deixe seu comentário. Em breve, resposta.