Destaques

Enem 2010: procurador diz que pode levar questão até o STF

A questão sobre a validade da edição 2010 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode parar no Supremo Tribunal Federal (STF). O procurador-geral da República no Ceará, Oscar Costa Filho, afirmou que pode pedir a anulação da prova na mais alta instância judicial do país.
"Se preciso vou até o Supremo, pois esta prova que eles estão pretendendo fazer dessa maneira está nula. Eles vão comprometer os alunos mais do que já estão comprometidos. O que importa é garantir o direito dos candidatos", disse, segundo a "Agência Estado", se referindo a realização de uma nova prova apenas para os estudantes que foram diretamente atingidos pelos erros de impressão nos cartões de resposta.
Nesta última sexta-feira, uma audiência pública foi realizada em Fortaleza com a presença de estudantes, a fim de discutir medidas para evitar prejuízos devidos às falhas na aplicação do Enem.
Costa Filho vai se reunir com integrantes da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Brasília. No último dia 8, a Justiça Federal do Ceará determinou a anulação da prova em todo o país, além de suspender a divulgação do gabarito. A Advocacia-Geral da União recorreu e a Tribunal Regional Federal de Pernambuco (TRF-PE) derrubou a liminar quatro dias depois.

Disponível em: http://www.sidneyrezende.com

Nenhum comentário

Deixe seu comentário. Em breve, resposta.