ENEM 2010: "não será anulado!", avisa o Ministério da Educação


Apesar de a Polícia Federal (PF) ter concluído que houve um vazamento parcial do tema da redação do 
Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Remanso (BA), o Ministério da Educação (MEC) descarta a possibilidade de anular as provas. Uma professora responsável pela aplicação em um dos locais de prova da cidade teve acesso a um dos textos de apoio da redação e informou o conteúdo ao filho, inscrito no exame. Ela e o marido, também envolvido na fraude, foram indiciados por quebra de sigilo funcional.

De acordo com o MEC, o filho do casal será desclassificado. A PF na Bahia iniciou a investigação após a denúncia de um professor de cursinho de Petrolina (PE), cidade vizinha a Juazeiro. Segundo ele, o aluno o procurou horas antes do Enem perguntando o que deveria escrever se o tema fosse sobre trabalho escravo.

De acordo com o MEC, o sigilo da redação foi mantido uma vez que a mãe do aluno repassou o título de um dos textos de apoio que era O Que É Trabalho Escravo e não o tema da redação – O Trabalho na Construção da Dignidade Humana.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Jarlison Augusto

Quer contribuir conosco? Envie-nos seu material!
    Comente com o Blogger
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Em breve, resposta.